Trabalhadores da educação da rede estadual decidem por greve

 

Na tarde de ontem (05/02), no pátio da Assembleia Legislativa, foi deliberada uma greve dos funcionários da rede estadual de educação, de Minas Gerais. A greve é por tempo indeterminado  e começa já a partir do próximo dia 11/02.

O Sindicato Único dos Trabalhadores da Educação (Sind-Ute) de Barbacena confirmou a greve, mas há a autonomia dos professores de cada instituição da cidade se vai aderir ao movimento. Amanhã às 18h, haverá uma reunião na sede do sindicato, onde será pautada essa questão.

De acordo com o Sind-Ute a categoria reivindica propostas de pagamento do Piso Salarial Profissional Nacional, pela Lei Estadual 21.710/2015 e pela Lei Federal 11.738/2008, bem como o cumprimento estrito do repasse de 25% da receita corrente líquida do Estado para a Educação.

Também é pauta do movimento a quitação do 13º salario de 2019, a interrupção de políticas que de acordo com o sindicato dificultam o acesso à Educação, como sistema de pré-matrículas online, Plano de Atendimento, fusão de turmas, demora na publicação das remoções e resolução de designação.

 

Foto: Jornal Correio do Povo.

Banner Grande Podologia 1
Banner Aplicação

Os comentários estão desativados.