Banner Grande Aprendiz
Banner grande Aprendiz 2
Banner grande Aprendiz 3

Torneio de jiu-jítsu infantil faz sucesso no Aprendiz

No sábado (15/09), o Centro Educacional Aprendiz, em parceria com a academia Alliance Cleito Soares, promoveu a Segunda Copa Kids de Jiu-Jítsu. O evento foi gratuito e destinado aos alunos que estudam no colégio e treinam na academia.

A Folha de Barbacena (FB) esteve presente no campeonato e conversou com os realizadores. O diretor de projetos, Alex Campos Furtado, explicou como nasceu a ideia de criar uma copa de Jiu-Jítsu para crianças. “Começou quando eu ainda treinava na academia do Cleito Soares. Lá eu pude ver o quão bacana é a arte marcial e percebi que seria interessante trazer para o Aprendiz, por conta da questão da disciplina, do respeito e desenvolvimento corporal. Já faz quatro anos que temos este projeto”, relatou Alex.

Sobre o desempenho do esporte no Aprendiz e o envolvimento das crianças, Alex é animado. “É tão notável o sucesso do projeto, que não existem mais vagas no momento. Todas estão esgotadas. O envolvimento das crianças é ótimo, a recepção tem sido muito boa e a competência da família Cleito Soares só acrescenta”, respondeu o diretor.

Alex diz que os treinamentos acontecem na academia Alliance e que “os alunos da escola conseguem praticar o jiu-jítsu gratuitamente por conta de uma parceria feita entre as duas instituições”.

Helon José Vaz dos Santos, coordenador geral dos projetos do centro educacional, também participou da conversa. “Hoje trabalhamos com 60 alunos do jiu-jítsu em três turmas, três vezes por semana. Conseguimos trabalhar a parte de lazer, saúde e conciliar com os estudos”, informou Helon.

A respeito da finalidade do torneio, Helon e Alex afirmam que a intenção não é classificar o melhor e o pior aluno. “Queremos promover uma interação entre eles, dar uma chance aos pais de assistirem os filhos e incentivar as crianças a praticarem esportes”, concluíram os profissionais.

As crianças aproveitaram a manhã batalhando com garra e disciplina pelas medalhas que recebiam após cada luta. Apesar de pouca idade, a maturidade dos pequenos impressionou. Não houve brigas por causa de derrotas e todos lidaram bem com os resultados. Para Cleito Soares, o dono da academia, esta é uma característica do jiu-jítsu. “É um aprendizado para todas as idades. Eu tento ensinar que a derrota não é para desanimar. Deve ser um incentivo para voltar e vencer. Um remédio para autoestima”, destaca o lutador.

Ao final de evento, a FB entrevistou o professor das crianças, Cleito Soares Júnior. Orgulhoso, o jovem revelou como se sente ao ver as crianças no tatame. “Eu me sinto muito satisfeito, porque percebo que eles estão cada vez melhores, assimilando o aprendizado e tecnicamente superiores a cada dia. Isso me dá ânimo para continuar”, finalizou Cleito Júnior.

Por: Lucas Di Capri.

Orientação: Marcelo Miranda – Jornalista/Editor. 

Os comentários estão desativados.

Banner Grande Podologia 1
Banner 2 Podologia – Grande