Solidariedade: Cássia Iatarola precisa da sua ajuda

21/07/2021 14:57:00 - Atualizado em 21/07/2021 16:08:12

 

Diagnosticada em julho de 2020 com um Sarcoma, que é um câncer muito grave e agressivo, Cássia Iatarola está realizando uma campanha de arrecadação para a cirurgia de amputação de toda a perna esquerda. Casada e mãe de uma menina de quatro anos, ela precisa levantar fundos para a operação que, somada aos custos do hospital, ficará em torno de R$60 mil.

Inicialmente o tumor localizava-se no pé e após a realização de exames e uma biopsia o médico decidiu fazer um procedimento para a retirada do tumor. “Foi feita uma cirurgia grande, pois o médico tinha que tentar retirar toda a área comprometida, depois de feita essa cirurgia, o médico retirou o tecido de outra parte do corpo e fez um enxerto; a cirurgia ficou ótima”, escreveu na página em que está sendo feita a arrecadação.

Um tempo depois da recuperação, as sessões de quimioterapia foram iniciadas e a cada 30 dias, Cássia ia até o hospital, onde ficava durante um período de três a quatro dias fazendo as sessões.

Entre idas e vindas ao hospital, os médicos notaram uma metástase na coxa e por isso novos exames e biópsias foram feitos para a constatação. Devido a raridade e a complexidade desse tipo de câncer, ela então foi encaminhada para São Paulo.

“Chegando em São Paulo, fiz mais vários exames, exames mais detalhados, e os resultados não foram nada satisfatórios, pois mostram que a minha perna está toda tomada pelo câncer”, contou.

Após um estudo mais aprofundado do caso, foi recomendado a amputação de toda a perna e, por ser uma cirurgia delicada, foi aconselhado que o procedimento não fosse realizado pelo SUS, principalmente por medidas de prevenção antes que o câncer pudesse tomar mais alguma parte do corpo. Por esse motivo, a cirurgia deve ser feita o quanto antes, uma vez que um dos tumores da coxa se abriu e com isso corre o risco de ter uma infecção, agravando ainda mais a situação.

O procedimento e a internação ficarão em quase R$60 mil, sendo que os custos do hospital giram em média de R$42 mil. “Por isso hoje (20/07) vim aqui pedir a vocês. Qualquer quantia ajudará muito e, tenho certeza que com sua empatia e solidariedade conseguiremos alcançar essa meta. Minha cirurgia está marcada para o dia 22/07, uma corrida contra o tempo”, escreveu ela.

A operação acontecerá em São Paulo, no Hospital A.C. Camargo Cancer Center. Aqueles que desejarem contribuir com a operação podem acessar a Vakinha Online clicando aqui.

Por Isabella Paolucci para a Folha de Barbacena


Coisas de mãe
Festival de musica