Governo de Minas anuncia início do retorno das atividades escolares presenciais

24/09/2020 11:08:00 - Atualizado em 24/09/2020 11:09:39

 

O Governo de Minas Gerais definiu ontem (23/09), a data de 05 de outubro para o início do retorno às atividades escolares presenciais. Esse é o primeiro movimento para a volta gradual às aulas presenciais em todo o estado. Com regras e protocolos sanitários, as escolas públicas e privadas poderão retornar às atividades presenciais apenas nas regiões inseridas na onda verde do plano Minas Consciente. Barbacena foi autorizada a avançar para a onda verde, no entanto, com indicadores que apresentavam possibilidade de regressão, preferiu-se manter junto com a microrregião na onda amarela.

Porém, de acordo com o Governo de Minas, o ensino superior poderá voltar às aulas presenciais nas regiões contempladas na onda amarela do plano, ou seja, na onda em que Barbacena se encontra. As aulas nessas instituições estão autorizadas a partir da publicação do protocolo sanitário da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), previsto para a próxima semana, com recomendações como distanciamento social e uso de máscaras de proteção.

Protocolo e autonomia

A partir da publicação do protocolo sanitário do Estado, a decisão da abertura de quaisquer escolas será dos municípios, segundo o secretário Geral Mateus Simões. “Onde os municípios não autorizarem a reabertura, ela não ocorrerá, assim como é no Minas Consciente. O poder municipal é a palavra final em cada cidade. E cada escola decidirá as suas próprias estratégias no que diz respeito ao ensino particular, assim como as municipais no que diz respeito ao município”, disse.

O protocolo de saúde será único e aplicado a todas as escolas. As redes particular e municipal, no entanto, terão autonomia para definir a estratégia de retorno, como a ordem das turmas que retornarão às salas de aula e se as aulas já começarão no dia 5/10.

No caso das 3,6 mil escolas estaduais, a secretária de Educação Julia Sant’Anna explicou que a volta às atividades presenciais dos alunos do 3º ano do ensino médio está prevista para o próximo dia 19 de outubro. Antes disso, a partir do dia 5 de outubro, professores e diretores serão convocados para o planejamento do retorno. A partir de orientações da Secretaria de Estado de Educação (SEE), em conjunto com as evoluções de ondas do plano Minas Consciente, gradualmente outras turmas retornarão, seguindo os critérios sanitários de segurança definidos pelo governo.

PMB

A Folha de Barbacena (FB) entrou em contato com a Prefeitura Municipal de Barbacena através de e-mail, solicitando o posicionamento oficial em relação a decisão do Governo de Minas Gerais. No entanto, até o fechamento desta matéria não havia recebido retorno. Caso haja resposta, atualizaremos a matéria.

Sind-UTE

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), por meio da coordenadora-geral, professora Denise Romano, se posicionou contra o retorno presencial das aulas na rede estadual de educação a partir do dia 05 de outubro. Confira a nota na íntegra:

A Covid-19 continua fazendo milhares de vítimas.

A volta às aulas neste momento de pandemia coloca em risco nossos estudantes e os profissionais em educação.

Não há como garantir condições seguras para seus filhos e filhas e para educadores e educadoras numa volta às escolas.

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) informa a toda população que a liminar concedida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) no dia 15 de abril ainda está em vigor.

Desta forma, as atividades presenciais em toda rede estadual de educação permanecem suspensas.

O Sindicato está na luta em defesa da vida e pede a compreensão de toda a comunidade escolar.

Informações e fontes: Agência Minas e Sind-UTE. Foto: Pedro Gontijo / Imprensa MG.


Livro Rossi
Agencia Qu4tro