Banner Grande Aprendiz 28/06/2019
Banner Grande Aprendiz 28/06/2019

Polícia Civil conclui inquérito do assassinato de adolescente em Lafaiete

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu ontem (12/11) as investigações sobre a morte de uma adolescente de 14 anos, assassinada no fim de setembro deste ano, em Conselheiro Lafaiete, por duas outras adolescentes.

Segundo as investigações, fica comprovado que a vítima foi atraída para o local do crime, sob a promessa de que o grupo buscaria drogas para vender e, já numa área de mata fechada, a vítima foi morta a golpes de faca. Após a morte, as criminosas cobriram o corpo da vítima com folhas e gravetos e atearam fogo para tentar impedir a localização e identificação do cadáver.

De acordo com o delegado Marcos Vinícius Vieira Rodrigues, a motivação para a violência contra a vítima foi por conta da relação que ela tinha com os namorados das envolvidas e um desentendimento com a irmã de uma das autoras. “O procedimento instaurado contra as adolescentes foi concluído e encaminhado a Justiça, subsidiando pedido de internação cautelar das envolvidas que se encontram recolhidas em Centro Socioeducativo do Estado”, destacou o delegado.

Em decorrência das investigações, o 13º Departamento da Polícia Civil de Minas Gerais (DPPC MG) de Barbacena informou que foi instaurado inquérito policial para apurar o possível envolvimento de outras pessoas no fato, sendo que este último procedimento encontra-se em tramitação e aguardando conclusão das investigações.

Entenda o Caso

Um assassinato impressionou a população de Conselheiro Lafaiete, a cerca de 70 km de Barbacena, no último mês. Tanto as autoras do crime quanto a vítima são menores de idade. Através de denúncia anônima, a Polícia Militar (PM) foi informada que uma jovem de 16 anos, moradora do bairro Santa Cruz, teria cometido um homicídio. A vítima seria uma garota de 14 anos, chamada Jaislaine Sarmento Rosa, também moradora do bairro, que já estava desaparecida desde o dia 22 de setembro. A PM foi até a casa da suspeita, que acabou confessando o crime e indicou onde o corpo estava escondido.

Do dia 15 de outubro, com o auxílio da equipe de busca e salvamento do Corpo de Bombeiros, foram localizados ossos humanos e um crânio na área da mata. A autora do crime relatou que atraiu Jaislaine para o local, na localidade de Mostarda, e juntamente com outra menor de 14 anos, moradora do bairro Lima Dias, esfaqueou por diversas vezes a vítima e também tentou degolá-la. Depois de constatada a morte, as autoras esconderam o corpo debaixo de folhas secas e atearam fogo.

Tendo confessado o crime e indicado onde estavam os restos mortais, a autora recebeu voz de apreensão por homicídio e foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil (PC). A outra menor apontada como participante do crime não foi localizada.

 

Por: Lucas Di Capri.

Orientação: Marcelo Miranda.

Banner Grande Podologia 1
Banner 2 Podologia – Grande

Os comentários estão desativados.