Banner Grande Aprendiz
Banner grande Aprendiz 2
Banner grande Aprendiz 3

Partido Novo faz coletiva com imprensa local

Em Barbacena, o Novo realizará processo seletivo para escolha dos nomes que disputarão as eleições de 2020

O Partido Novo realizou ontem (07/11), em Barbacena, uma coletiva de imprensa para falar sobre os próximos passos do partido. A reunião aconteceu no Lucape Palace Hotel, na rua Quinze de Novembro, Centro da cidade. O evento reuniu os políticos do partido, seus novos filiados e a imprensa local. Na mesa, falando sobre o Novo, estavam Sérgio Ribeiro – primeiro filiado do partido na cidade, a psicóloga Marli Gava, o procurador Marcelo Cabral e Silvério Ribeiro, autor do livro “A República dos Canalhas”.

Sérgio abriu os trabalhos contando como escolheu se filiar ao partido. “Eu via como a política funcionava em Barbacena e aquilo me deixava confuso. Políticos compactuando com ideias que não condizem com os ideais do partido, trabalhos sem transparência e falta de ligação com o povo. Fiz uma pesquisa na internet e encontrei o Novo. Vi que o ideal deste partido é trabalhar sem usar dinheiro público e priorizando o coletivo, além de compactuar com a privatização, que sou um forte defensor”, comentou.

Entre as pautas apresentadas na coletiva, uma das que mais ganhou abordagem foi a da privatização – ideia fortemente ligada pelo partido. Marcelo Cabral defende que privatizar alguns setores é uma medida eficaz para que Minas Gerais se reerga, já que segundo ele, “o Estado está falindo e as contas não fecham mais. O Estado não é empresário para ficar mantendo as empresas. A privatização permite que a segurança pública, a saúde e a educação ganhem a devida atenção”.

Já Marli Gava focou em fazer observações sobre Barbacena. “Esta é uma linda cidade que está perdendo sua marca. Somos conhecidos por ser a Cidade das Rosas e já não conseguimos realizar a edição da nossa principal festa. Barbacena, no passado, atraia milhares de turistas por conta das rosas e flores, mas o evento se tornou palco para os grandes artistas do momento fazerem seus shows, com ingressos a preços inacessíveis, enquanto o que poderia estar agregando à cultura de Barbacena vem sendo deixado de lado”, concluiu.

Silvério Ribeiro pontuou que a política não deve ser foco somente na hora de eleger um candidato, mas que a população deve estar fortemente envolvida, principalmente, depois que um político é eleito. Ele terminou fazendo um convite aos barbacenenses: “quem quiser fazer parte do nosso partido é bem-vindo. Qualquer um pode se inscrever. Basta entrar no site novo.org.br e fazer a inscrição. Se a pessoa for filiada a outro partido, automaticamente vai ser desvinculada quando criar vínculo com o Novo”, encerrou.

Barbacena

Em Barbacena, as ações do partido Novo visam as eleições de 2020, à Câmara Municipal e ao Poder Executivo. Não há nomes escolhidos, ainda, pois a agremiação selecionará os candidatos após passarem por processo seletivo.

 

Por: Lucas Di Capri.

Orientação: Marcelo Miranda.

 

Créditos Fotos: Lucas Di Capri. 

Os comentários estão desativados.

Banner Grande M2T Publicidade e Propaganda