Banner Grande Aprendiz 28/06/2019
Banner grande Unipac

O benefício do Auxílio Reclusão

 

Por: Dr. Francisco Pupo Nogueira

O auxílio reclusão é um benefício legalmente devido aos dependentes de trabalhadores que contribuem para a Previdência Social. Ele é pago enquanto o segurado estiver preso sob regime fechado ou semiaberto e não receba qualquer remuneração da empresa para a qual trabalha, nem auxílio doença, aposentadoria ou outro benefício.
Os dependentes do segurado que estiver em livramento condicional ou em regime aberto perdem o direito de receber o benefício. Já o segurado preso não recebe qualquer benefício. Ele é pago a seus dependentes legais. O objetivo é garantir a sobrevivência do núcleo familiar, diante da ausência temporária do provedor.
O valor do benefício é dividido entre todos os dependentes legais do segurado. É como se fosse o cálculo de uma pensão. Não aumenta de acordo com a quantidade de filhos que o preso tenha.
O princípio é o da proteção à família: se o segurado está preso, impedido de trabalhar, a família tem o direito de receber o benefício para o qual ele contribuiu, pois está dentre a relação de benefícios oferecidos pela Previdência no ato da sua inscrição no sistema. Portanto, o benefício é regido pelo direito que a família tem sobre as contribuições do segurado feitas ao Regime Geral da Previdência Social.
O benefício deixa de ser pago desde que o segurado obtenha sua liberdade, fuja ou sua pena progrida para o regime aberto. Pela legislação, os dependentes têm que apresentar a cada três meses, na Agência da Previdência Social, a declaração do sistema penitenciário atestando a condição de preso do segurado.
Há, no Congresso Nacional, quem defenda a ideia que pessoas condenadas por crimes graves devem sustentar os dependentes com o trabalho nas cadeias. Atualmente, o valor do auxilio reclusão é de R$1.319,18.

Banner Grande Podologia 1
Banner Aplicação

Os comentários estão desativados.