Banner Aprendiz 18/032019

Município luta para controlar risco de contaminação por tuberculose

Uma força tarefa de mobilização para a prevenção de novos casos de tuberculose na Penitenciária Regional de Barbacena (PRB) está sendo realizada no Município. A medida partiu após a confirmação de dois casos da doença na Unidade Prisional. A ação é uma colaboração entre a direção do Presídio e sua equipe com interferência direta da Comissão de Direito Penal e Assuntos Carcerários da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Conforme a subsecretária de promoção e ações em saúde, da  Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais (Sesaps), Rosiany Araújo de Paula, estão sendo realizados atendimentos médicos e solicitação de exames, a fim de avaliar o estado de saúde dos detentos e funcionários das instituições carcerárias.

Para o Ministério da Saúde, a tuberculose é uma doença infectocontagiosa que atinge os pulmões, embora possa atingir outros órgãos. Sua transmissão é plena enquanto o indivíduo estiver eliminando bacilos. A doença tem cura e o tratamento é gratuito sendo disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Marli Gava, vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos de Ética de Barbacena (Codhe) e membro do Conselho da Comunidade, falou da situação da PRB. Segundo ela o ambiente é totalmente insalubre e há anos o Codhe vem solicitando tratamento mais humanitário das condições de vida no presídio. A psicóloga ressalta ainda que submeter os indivíduos privados de liberdade a condições como o banho frio diário são desumanas e propiciam o desenvolvimento de doenças, já que o próprio presídio é um espaço totalmente insalubre. Ainda segundo Marli, familiares próximos das vítimas da doença passaram por avaliações clínicas.

A Folha de Barbacena (FB) entrou em contato com a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) para saber informações a respeito do estado de saúde dos detentos que foram hospitalizados. Em nota, a assessoria de comunicação do hospital disse que não passa a terceiros, detalhes sobre o quadro de saúde dos pacientes.

 

Por: Mike Tavares.

Orientação: Marcelo Miranda.

Banner Grande Podologia 1
Banner 2 Podologia – Grande

Os comentários estão desativados.