Matrículas na rede pública de educação geram polêmica em Barbacena

 

As matrículas na rede estadual de ensino de Minas Gerais vão até amanhã (07/02), para os alunos contemplados na segunda lista de encaminhamento divulgada pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG). No entanto, há vários dias, a Folha de Barbacena (FB) tem recebido reclamações de alunos que estão sendo enviados para escolas distantes de suas residências e, em alguns casos, para escolas em que, segundo os pais, nem mesmo foram marcadas como opção.

Em um dos casos, uma aluna que mora no bairro São José e que realizou seu cadastro para as escolas estaduais Adelaide Bias Fortes, Pio XI e Bias Fortes, todas na região central da cidade, foi encaminhada para a Escola Estadual São Miguel, no bairro Funcionários.

Em outro caso, uma estudante moradora do bairro do Carmo, em Barbacena, foi encaminhada para uma escola localizada a cerca de 27 Km de sua casa, no Distrito de Correia de Almeida. Situação semelhante aconteceu com outro jovem, que mora no bairro São José.

De acordo com informações, pais e alunos estiveram na última segunda-feira (03/02) na sede da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Barbacena que se prontificou mandar as ocorrências para a Secretaria Estadual de Educação (SEE), em Belo Horizonte para retificar as designações de matrículas.

A Folha de Barbacena (FB) entrou em contato com a Superintendência Regional de Ensino da cidade, que solicitou que a redação buscasse mais informações junto a Secretaria Estadual de Educação (SEE). A FB aguarda o posicionamento da instituição.

Greve

Após reunião de professores na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE) afirmou que, a partir da próxima terça-feira (11/02), a categoria entra em greve por tempo indeterminado.

O Sind-UTE reivindica o pagamento do piso salarial nacional, que é de R$ 2.886,24 e, em Minas, R$ 1.982,54,  o cumprimento do repasse de 25% das receitas do Estado para a Educação, a quitação do 13º salario de 2019, a interrupção de políticas que dificultam o acesso, como sistema de pré-matrículas online, plano de atendimento, fusão de turmas, demora na publicação das remoções e resolução de designação.

Uma nova assembleia entre os servidores está programada para o próximo dia 14.

 

Foto: SRE.

Banner Grande Podologia 1
Banner Aplicação

Os comentários estão desativados.