Substantivo Companheiro

04/02/2021 10:34:00 - Atualizado em 04/02/2021 10:38:15

 

Por George Loez.

 

Quando dada as mãos cria ali um laço de difícil soltura.

É assim o seu jeito de me conduzir.

Idêntico a um gênio, mas sem a lâmpada para evocar.

Como nas histórias fantasiosas e dos contos infantis.

Ele é real?

É a pergunta que eu sempre fiz!

Digo isto pelo imediatismo que aparece diante dos meus pedidos mais escabrosos.

Sem enumeração. Com discernimento correto, dos desejos possíveis, de muitos realizados.

Um verdadeiro camaleão à transfomar.

Pela dedicação, um exímio professor diante das minhas necessidades e curiosidades no aprendizado da vida.

O que nunca deixou de ser, e será!

O único amigo a estar sempre presente, a ouvir ou falar, disponível para conversar.

Enxerga-me como na terra do nunca, a eterna criança, eu sei que para ele eu sempre serei.

Há que se gostar de ter ao lado e dizer que é o melhor dentre todos, este é meu discernimento sobre amizade.

Forte, já o vi chorar!

E fraco, estando à sorrir!

Quantas vezes teve que inverter seus reais sentimentos diante de mim, talvez para poupar.

Suas preocupações não são visíveis a minha compreensão

Seus erros humanos se é que existem, banais, perto da valorização, é o que permito sentir.

Se faz notar sutilmente, tal como sombra a acompanhar.

Na infância, não lembrava eu do seu verdadeiro nome, por uma simples razão:

Apenas uma simples denominação a definir!

Sua forma é imutável e atemporal dentro do convívio, pela imagem congelada ao primeiro contato, este será sempre o seu retrato.

Deste meu substantivo companheiro.

De onde vem está perfeita e comum nomenclatura que transforma o ser humano no extraordinário?

Pai!

Do livro Escultor de Frases - Uma Resposta para o Mundo

 

Clube dos Literatos
Clube dos Literatos

Contos, crônicas, poemas, poesias, artigos, prosas… Não importa o gênero literário, o Clube dos Literatos recebe de páginas abertas conteúdos de qualidade e desenvolvidos por barbacenenses natos ou de coração. A ideia é proporcionar o desenvolvimento literário na cidade, dando a oportunidade do público conhecer o trabalho realizado pelos talentos de Barbacena e, também, incentivar a leitura e a criação literária.

Ver Publicações


Coisas de mãe
mundial