Saúde íntima faz parte do seu ritual de autocuidado?

01/03/2021 15:33:00 - Atualizado em 01/03/2021 15:45:43

 

 

Por Rayene Santos

O termo autocuidado ainda está muito associado à beleza, mas a prática é ampla.⠀⠀⠀⠀⠀

Quando algo não vai bem com nossa saúde mental ou física, o corpo dá sinais, que muitas vezes passam despercebidos devido a correria do dia a dia. Você sabia, por exemplo, que a candidíase, uma infecção vagin@l por fungo, pode ser agravada pelo consumo excessivo de carboidratos ou até mesmo pelo estresse?

Além disso, o quadro em si traz diferentes incômodos e consequências para as mulheres. Ou seja, os impactos de uma má saúde íntima podem interferir no seu bem-estar. Por isso, dedicar-se ao entendimento do corpo, da sexualidade e da saúde íntima, uma região que é frágil e pode entrar em desequilíbrio com facilidade, é sim um ato de autocuidado.

Falar de saúde íntima ainda causa desconforto em muitas pessoas, mas esse assunto deveria ser normal, pois trata-se, afinal, de saúde!

Então, aos poucos, procure conversar com o médico, uma amiga e a pessoa com quem você divide a vida para ir questionando os estigmas e, principalmente, entendendo suas vontades como mulher, os limites do seu corpo e quando sua saúde íntima não está saudável, pois é somente com o autoconhecimento e com o autocuidado que você se conhecerá melhor.

O seu corpo é a sua casa, é quem está com você o tempo todo e só por esse motivo ele já deve ser amado.

O autocuidado ainda pode ser uma construção, portanto, não se cobre! Mas começar a ter mais atenção com sua pela saúde íntima pode ser um ótimo passo.

Psicóloga Rayene de Fátima Vale dos Santos

CRP 04/54251

Seu corpo, seu prazer!

 Contato:

32 98419-9735

intimidadenodiva@gmail.com

@intimidadenodiva

INTIMIDADE NO DIVÃ
INTIMIDADE NO DIVÃ

Rayene Santos é psicóloga, pós graduada em Gestão Pública e Gestão de Pessoas, e Psicologia Sexual. Especialista em Sexualidade Feminina e idealizadora do perfil no Instagram @intimidadenodiva, tem como principal objetivo compreender os fenômenos do Universo feminino e seus diversos fatores. Procurando estimular a autonomia das mulheres, para que passem a se conhecer melhor, conhecer seu corpo, seus gostos, prazeres, a melhor forma de lidar com suas emoções e aprimorarem o autoconhecimento.

Ver Publicações


Coisas de mãe
Festival de musica