Sabonete francês... de pêssego

21/12/2020 10:19:00 - Atualizado em 21/12/2020 10:21:15

 

Por Carla Cruz

Apaixonei-me por mim naquela mesma noite, onde todos os sonhos estavam distantes e pareciam habitar além do fim do arco íris. Havia um tom de chuva em minh’alma, aquela mesma alma gentil que já estava um tanto amassada pelo fim dos amores não começados.

Tanto havia guardado as minhas riquezas internas... tanto esperado abrir as marés do peito sem medo de que houvesse a ressaca, que ela veio mesmo assim, antes sequer que viesse a maré.

E ele não veio. Nem nunca viria.

Então, em vez de segregar minhas falhas ao esconder as lágrimas que já cantavam de cor os cantos da solidão, lavei carinhosamente os meus cabelos, do mesmo modo como se afaga os cabelos de uma criança. Espalhei pelo corpo aquele mesmo sabonete que havia guardado para a nossa primeira noite e ensaboei minh’alma deixando-a rescender como as primeiras notas de um jardim orvalhado. Fresco.

Escolhi o pijama mais rendado, como se estivesse me preparando para ser admirada e deixei meus cabelos secarem à brisa quente das flores noturnas que perfumavam a minha janela.

Provei uma taça de leite com mel e baunilha e nunca me senti mais doce. Lembrei de Piaf dizendo que a vida tinha tons de rosa.

Antes de mergulhar em sono profundo, lembro-me de ter adormecido sorrindo... com aquele meio sorriso que cria covinhas no canto da boca. E não era para menos, afinal, ele havia perdido a única mulher do mundo que o amara intensamente. A mesma mulher incrível de bochechas rosadas, cujos cabelos rescendiam a shampoo de morango.

E, a pele, a sabonete francês... de pêssego.

 

Clube dos Literatos
Clube dos Literatos

Contos, crônicas, poemas, poesias, artigos, prosas… Não importa o gênero literário, o Clube dos Literatos recebe de páginas abertas conteúdos de qualidade e desenvolvidos por barbacenenses natos ou de coração. A ideia é proporcionar o desenvolvimento literário na cidade, dando a oportunidade do público conhecer o trabalho realizado pelos talentos de Barbacena e, também, incentivar a leitura e a criação literária.

Ver Publicações


Livro Rossi
mundial