Roselanche de portas abertas

08/08/2020 08:00:00

 

ROSELANCHE DE PORTAS ABERTAS - A empresa, referência na BR040, ano passado completou 50 anos. A Equipe é formada por 100 colaboradores, todos qualificados e muitos com mais de 20 e até 30 anos de casa. Com a Pandemia, o movimento na BR, diminuiu. E, atendendo às diretrizes da Secretaria de Saúde da cidade, paralisou o funcionamento do restaurante, mantendo a lanchonete e naturalmente o posto de combustível, dentro de protocolos. As atividades estão de volta com os atendimentos dentro dos protocolos.  Levantamentos de entidades ligadas ao setor, atestam que parcela considerável de restaurante e similares não terão como reabrir depois de praticamente quatro meses inativos.

Ailton José Santarosa, Gerente Geral e Adilson José Tonholo proprietário

Não é o caso do conhecido Restaurante Roselanche, uma casa dona de um cardápio diversificado da comida mineira e contemporânea, além da linha de doces caseiros enriquecidos com bolos e tortas, conquista paladares exigentes. Na área externa, foi montado uma bela capela e jardins bem cuidados fazem do endereço referência no caminho do Rio de Janeiro para Belo Horizonte. E, se acontecer uma conquista na estrada, ou mesmo sendo o “dona do coração” da amada, há uma diversificada linha de flores, ao lado do restaurante para a conquista ser completa ou manter a chama. O momento é de união, fraternidade e respeito pelo próximo....

 

Gramado, exemplo de valorização do verde e do paisagismo.

VERDE QUE TE QUERO VERDE do verso de Frederico Garcia Lorca. - Barbacena tem áreas verdes? Poucas, muito poucas!  Vejamos; a Avenida Governador Bias Fortes, quando construída, recebeu Palmeiras, pouca coisa restou. Intervenções sem critério, mas ainda existe, digamos uns 40% de verde! A entrada principal da cidade, além de feia, há uma proliferação de anúncios – desordenados. Nunca se preocupou em criar um cinturão verde para melhorar o visual. À frente da rodoviária, as poucas árvores servem de fundo para enormes outdoors. No Pontilhão, “uma rosa de lata” – nada contra a obra, até com valor estético, mas e o verde? Não há!  A Rua XV de novembro, que ganhou um lindo paisagismo ao longo do corredor na administração do prefeito Martim Andrada, desde sua implantação não recebeu a atenção devida. Hoje, temos um pobre visual, que geralmente não recebe nem água no período da seca, apenas quando cai do céu. O histórico jardim da Praça dos Andradas, perdeu árvores centenárias, por falta de sensibilidade das administrações, dois exemplos tristes: em frente o Bradesco e no lado oposto – corte recente. No dia do corte da árvore, depois de uma poda assassina, um dirigente municipal, cordial por sinal, dizia: “vamos repor com criatividade” – já passaram 30 meses! E, o jardim da Praça Conde de Prados?  A Administração (1997 a 2000) fez questão de acabar com o verde do jardim. Outro exemplo de falta de visão, o belo Parque de Exposição – palco de festas milionária, não existe verde. Enquanto o mundo inteiro busca valorizar o verde e algumas cidades brasileiras são exemplos, Barbacena fez e faz questão de ignorar o verde.  A alegação da atual administração foi a falta de recursos – pagando dívidas das administrações passadas. O tema bem que poderia constar dos planos de governo dos candidatos, fica a dica!

 


A Tabela do levantamento da HUB Marketing + Business

Com objetivo apontar caminhos, a Agência HUB Marketing + Business (BH) do jovem multimídia  Marcelo Rocha, que é barbacenense, nos presenteou com um levantamento (pesquisa), executado através do mecanismo IA - “Inteligência Artificial”, baseado nas redes sociais, onde aparecem os candidatos bem colocados à Câmara Municipal. Por minha iniciativa, excluímos os vereadores pré candidatos à prefeito; Carlos Du e Amarílio de Andrade. Nosso objetivo é mostrar a força das tecnologias disponíveis e sem nenhuma conotação política/partidária. Boa leitura...

Idinando Borges
Idinando Borges

É o colunista social mais renomado da região. Idinando já atuou em diversas assessorias de comunicação, secretarias de Estado e assessorias políticas.

Ver Publicações


Marcelo Miranda
Agencia Qu4tro