O jovem advogado Lucas Garcia

25/04/2021 08:00:00

 

O JOVEM ADVOGADO LUCAS GARCIA (Foto). Todo começo é difícil, quase sempre, o estágio, mesmo remunerado, os ganhos são investidos em livros, cursos extra e em equipamentos para o dia a dia. O pensador Altino Caixeta de Castro (Leão de Formosa) diz: “aperfeiçoa-te na arte de ouvir, só quem ouviu o rio, pode ouvir o mar”. O profissional do direito, mesmo respeitosamente sendo chamado de “Doutor”, precisar trilhar a recomendação do poeta para ter sucesso. O cliente quando procura o advogado, ele vai em busca da “salvação”; ou seja, a busca dos seus direitos, tão escassos pelo sistema corrupto em que vivemos. Dois seguimentosmassacram os brasileiros; os bancos e as empresas de telefonia e são campeões de demandas para os profissionais do direito, sem falar nas dificuldades para abrir e fechar um negócio, regularizar um imóvel e também, o conhecido inventário.Há ainda, as ações, tidas como tenebrosas, que envolvem os “poderes executivos”, com casos que levam, 10, 20 e até 80 anos...

O retratado é advogado há mais de 10 anos com atuação em Direito Contratual, Proteção de Dados e Direito do Consumidor. Presidente da Comissão de Métodos Alternativos de Solução de Conflitos da OAB/MG e Membro da Comissão de Direito do Consumidor da OAB/MG. Ele passou pela Prefeitura de Barbacena, ocupando os cargos de Coordenador da Advocacia-Geral do Município de Barbacena e de Gestor do PROCON. Hoje é advogado no Escritório DPC Advogados (Discacciati, Prenassi & Castro) na imponente Galeria da Complemento, no centro da cidade, com atuação em “Direito Empresarial” e professor universitário daUNIPAC nas disciplinas de Direito Civil, Direito do Consumidor é Ética Municipal de Barbacena. Ele é também Assessor Jurídico do Deputado Doorgal Andrada, função que desempenha com muita competência.

 

DE CANOAS – O Brigadeiro Bellintani (foto) foi empossado no cargo de Comandante do Comando Aéreo Sul na manhã do dia 16. Em nome dos seus inúmeros amigos de Barbacena, desejo sucesso!

 

O MOMENTO –A pandemia estimulou a criação de novos negócios no ramo alimentício efazem parte da estatística de crescimento de 6% em relação a 2019, mesmo com o governo trabalhando contra (custo do gás, energia elétrica e combustíveis). Mesmo não sendo o fatorfinanceiro preponderante, a conjuntura do isolamento social fez com que houvesse a motivação para turbinar o negócio caseiro, montar umacozinha mais apropriada no sítio de fim de semana ou mesmo abrir uma porta. E, em ambos os casos, não esquecendo de trabalhar na divulgação pelas redes sociais, notadamente no Instagram e no Facebook – uma febre de ofertas: doces, bolos, biscoitos, pães, salgados e até pastéis eos “almoços de domingo”, práticos e saborosos.  De onde vieram tanta criatividade? Primeiro a visão digamos até mesmo mercadológicado “alimento” e as receitas das avós, de família e da internet, claro. Registro aqui, a iniciativa da empresária Patrícia Becho, que possivelmente inspirada na doceira/poetisa, Cora Coralina abriu a sua “Maria Quitandeira”, uma grife em pães e bolos com o melhor “pão integral” já degustado por esse observador da cena barbacenense. Merece uma coluna, em próxima data, cujo título será: “As artes de Maria Quitandeira” Outro empreendimento que está fazendo sucesso é a “Fabrica de Pastéis” de Millena Vanessa Trindade da Costa à Rua Tomaz Gonzaga, 55. Inaugurada em 13 de fevereiro de 2021.  Um cardápio diversificado de sabores e inovações. Uma das postagens, o “Pastel Romeu e Julieta” despertou curiosidade em um apreciador da boa mesa, no Rio de Janeiro.  Os apreciadores da iguaria, dizem dos quesitos recomendáveis para o sucesso:  que a massa seja leve, seca e quente, o recheio, nem sempre é o carro chefe. Uma inovação está sendo estuda, O Pastel com Nutella!Promete!

Serviço de delivery pelo WhatsApp: Maria Quitandeira (31)98773.1246

Fábrica de Pastéis:(32)99154-8763

Idinando Borges
Idinando Borges

É o colunista social mais renomado da região. Idinando já atuou em diversas assessorias de comunicação, secretarias de Estado e assessorias políticas.

Ver Publicações


Coisas de mãe
Festival de musica