Lua Vermelha: A noite dos zumbis

04/11/2020 10:33:00 - Atualizado em 04/11/2020 10:37:53

 

Por Thiago Rossi

Era meia-noite de uma sexta-feira 13, de um mês de agosto. No céu, a lua vermelho sangue chamava a atenção, não só dos vivos supersticiosos como também de criaturas da noite.

Em um cemitério, no meio da cidade, uma tumba era aberta de dentro pra fora, um ser zumbi caminhava na direção da saída do mausoléu, gemendo e caminhando arrastado, com os braços estendidos como quem buscava alcançar alguém ou alguma coisa.

─ Onde você vai Zé? ─ Perguntou uma voz atrás do monstro, que virou-se sem espanto.

─ Vou atrás dos vivos. Assustar... Comer uns cérebros... É que o diz a maldição, Arthur.

─ Que maldição, Zé? ─ E saindo de uma tumba, outro zumbi se revelou.

─ A da Lua de Sangue, Arthur.

─ E onde está escrita essa maldição, Zé? ─ Arthur se mostrava curioso.

Zé suspirou, se é que isso era possível para um zumbi.

─ Não sei onde tá escrito, Arthur. Mas todo mundo sabe dela.

─ Todo mundo quem, Zé?

Zé passou a mão pelo rosto, impaciente.

─ Todo mundo. Os zumbis, o Drácula, o Lobisomem...

─ Ah! Sei. Só tô vendo você Zé, resto do povo tá dormindo.

─ É que eles ficam esperando alguém tomar a iniciativa... ─ Zé tentou argumentar.

─ E você, que quando vivo nunca tomou a iniciativa pra nada, é quem vai inspirar o povo daqui? Faz-me rir, Zé.

─ Você é um idiota, Arthur. ─ Zé reclamou.

─ Idiota é você. Por que mesmo que a lua tá vermelha? ─ Questionou Arthur.

─ Por que é a lua de sangue... O sangue das vítimas injusti...

─ Pode parar Zé! ─ Arthur interrompeu o amigo de cova ─ Zé, presta atenção, que eu era professor quando vivo: Quando a lua está por trás da Terra em um eclipse lunar total, a luz solar não alcança diretamente a lua, porque incide na Terra. Então, no momento que acontece o alinhamento do eclipse, a luz do Sol passa pela atmosfera da Terra e incide na Lua com tons de vermelho.

─ Arthur, você é um chato! ─ E Zé voltou pra sua tumba, de onde nunca mais saiu, não se sabe se de raiva ou de vergonha.

Clube dos Literatos
Clube dos Literatos

Contos, crônicas, poemas, poesias, artigos, prosas… Não importa o gênero literário, o Clube dos Literatos recebe de páginas abertas conteúdos de qualidade e desenvolvidos por barbacenenses natos ou de coração. A ideia é proporcionar o desenvolvimento literário na cidade, dando a oportunidade do público conhecer o trabalho realizado pelos talentos de Barbacena e, também, incentivar a leitura e a criação literária.

Ver Publicações


Livro Rossi
Agencia Qu4tro