Livraria Bernadete

27/02/2021 08:00:00

 

No pós guerra, o Brasil vislumbrou nichos de cultura e as livrarias ganharam destaque com a vinda de estrangeiros para nosso país. É o caso da Livraria Cultura que completou 70 anos, com inovações e tecnologia. E, Barbacena, sempre com ousadia e coragem, também abriu sua livraria. Foi o empresário e visionário Túllio Octávio de Araújo Lima, de família abastada e conceituada na cidade, proprietário de uma papelaria, fundada em 1951 e instalada no edifício do Clube Barbacenense. A livraria recebeu o nome de “Livraria Bernadete”, em homenagem à filha Bernadete, em 1960 à Rua Lima Duarte, número 75 no edifício Chaquib Itar Sad. Por dez bons anos, a mesma       atendeu leitores, estudantes e um seletivo público. No balcão, o empresário fundador, sempre com cordialidade, cativou os barbacenenses. Em 1971, dez anos depois, seu filho Marcelo Augusto de Araújo Lima adquiriu a livraria e seu pai continuou em atividade na Papelaria, da família, funcionando no edifício do Clube Barbacenense, hoje administrada pelos seus filhos; Maria Inês Araújo Lima e Tulio Octávio de Araújo Lima Filho.  Com visão, em 2004, Marcelo idealizou a ampliação da mesma e a transformou em uma big loja, transferindo-a para o   edifício do Olimpic Clube à Rua Teobaldo Tolendal, número 51.  A loja é diversificada com livros, papelaria e brinquedos – falta o café, tendência das grandes livrarias, mas está nos planos da loja.  Marcelo levou sua filha, a jovem Maria Alice para auxiliar na administração, fato que fez da “menina”, como ele a chama, em uma expert no ramo dos negócios.

Por motivo da obra, “Barbacena ontem e hoje” editada pela C/Arte mantive contatos comerciais e amistosos com Maria Alice, sempre cordial e distinta. Com a nova obra de enfoque da cidade, intitulada “Cores de Barbacena” de autoria de Doorgal Borges de Andrada, Edson Brandão e Waldir Damasceno, fui agraciado com o convite para divulgar a obra, uma linda obra!  E, em companhia de Edson Brandão, visitamos a jovem empresária, que além de nos receber com fidalguia, se dispôs a abrir mão do seu ganho dos 10 primeiros livros em prol de uma ação social. É, cada dia uma lição! Além de nos sensibilizar, Maria Alice mostrou desprendimento em apoiar as carências do mundo.

A livraria Bernadete trabalha com um acervo de mais ou menos 25.000 (vinte e cinco mil) obras, divididas em:  arte, didático e histórico. Há também papelaria em geral, material escolar, material para escritórios, brinquedos pedagógicos e brinquedos em geral. Uma equipe de 12 (doze) colaboradores, fazem do endereço referência em Barbacena.

Idinando Borges
Idinando Borges

É o colunista social mais renomado da região. Idinando já atuou em diversas assessorias de comunicação, secretarias de Estado e assessorias políticas.

Ver Publicações


Coisas de mãe
Festival de musica