Conto de um sábado e ponto

05/04/2021 11:51:00 - Atualizado em 05/04/2021 11:56:19

 

Por Felipe Correia

 

Como faço para ler a realidade em que vivo, isolando todo o sentimento que cabe em um dia?

Passei o dia tenso, como se não tivesse certeza de como seria O momento.

O dia avançou em horas, confirmando o que disse uma  pessoa no passado. O tempo não para, algo simples se pensarmos que desde aquela época realmente não parou.

Tentei dizer algo para quebrar o gelo antes de sair de casa. Acho que contei um encontro breve com o vizinho ou alguma peripécia que meu gato fez.

No banho, pensamento em OFF. Na verdade, parafraseando Guilherme Arantes, a água apenas voltou humilde pro fundo da terra.

Saí sem mais delongas, não que tenha saído sem passar perfume ou me pentear, isso eu sou capaz de fazer enquanto tranco o portão.

Dentro do carro ouvindo música (atividade que sempre me lembra a propaganda de energético que nos promete asas), me coloco na posição de um vocalista a imaginar um show lotado, bem como meu estado de espírito, só que de carisma e alto astral pra celebrar o appeal da plateia.

Ao chegar, um sorriso, um abraço, e um "como foi seu dia"?

Depois de amenidades com os parentes, o milagre vem em forma de incenso e taças de vinho.

Céu estrelado plenamente atestado ao olhar a janela entreaberta.

A música de Johny Cash a princípio com um toque didático e dialético.

A música seguinte não me lembro bem, sensação de aconchego, poderia ser Chico Cesar, mas se fosse eu me lembraria.

O que vem depois é a felicidade e a contemplação (sabem do que estou falando).

Acordamos tarde na manhã seguinte .

Eu fiz uma pergunta no começo do conto, lembram? Pois é, desista dessas questões e viva, viva e divida a vida!

 

Clube dos Literatos
Clube dos Literatos

Contos, crônicas, poemas, poesias, artigos, prosas… Não importa o gênero literário, o Clube dos Literatos recebe de páginas abertas conteúdos de qualidade e desenvolvidos por barbacenenses natos ou de coração. A ideia é proporcionar o desenvolvimento literário na cidade, dando a oportunidade do público conhecer o trabalho realizado pelos talentos de Barbacena e, também, incentivar a leitura e a criação literária.

Ver Publicações


Coisas de mãe
Festival de musica