Brasil tem a maior taxa de ansiedade do mundo

27/09/2020 08:00:00

 

Por Marcelo Miranda.

Dados recentes divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que 9,3% dos brasileiros, mais de 18 milhões, apresentam os sintomas de ansiedade. Infelizmente, o Brasil é o líder mundial na patologia, apresentado números três vezes maiores que a média mundial. Na América do Sul, por exemplo, os índices brasileiros superam países que se encontram em estado alarmante quando o assunto é ansiedade, entre eles Paraguai (7,6%), Chile (6,5%) e Uruguai (6,4%).

Atualmente, os transtornos derivados da ansiedade já são a terceira razão de afastamentos do trabalho no Brasil, sendo que os gastos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) giram em torno de R$ 200 milhões em pagamentos de benefícios anuais, de acordo com dados da Previdência Social.

Percebemos que esses números podem ser decorrentes dos conflitos socioeconômicos, da violência e instabilidade política, dentre outras razões, que geram grande tensão na população. Mas, afinal de contas, o que é ansiedade, quais seus sintomas, e como preveni-la?

Fundamentado em diversas bases científicas, descrevo que a ansiedade é que uma resposta subjetiva ao estresse sofrido por um indivíduo. Existem dois tipos de transtorno: o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) e a Síndrome do Pânico. Ambos constituem doenças graves e precisam ser tratadas por um psiquiatra com o uso de medicamentos adequados para o controle dos sintomas e acompanhamento médico contínuo.

Quanto aos sintomas, eles podem variar de acordo com cada indivíduo, desde uma sensação de angústia, mal-estar, coração acelerado, desatenção, tremores, entre outros.

Dicas especiais para controlar a ansiedade

- Pratique atividades físicas - nosso corpo produz endorfina que é um hormônio que propicia uma sensação de bem-estar, satisfação e relaxamento;

- Beba água - considerada um “calmante” natural, é fundamental e ajuda no controle da ansiedade;

- Respire lentamente - o simples fato de respirar lenta e profundamente algumas vezes acalma;

- Conversar/desabafar com pessoa amiga, profissional de saúde, terapeuta ou coach - resulta em grandes benefícios e pode contribuir para reduzir bastante a ansiedade;

- Atividades em contato com a natureza ou animais - traz paz e sensação de plenitude para a maioria das pessoas;

- Técnicas de meditação ou atividades de relaxamento - mindfulness, yoga, pilates, exercícios de alongamento e Lian Gong;

- Música e dança - são atividades excelentes, procure uma que você goste;

- Atividades artísticas e culturais - desde fazer um simples desenho, escrever uma poesia, uma crônica ou uma história, até pintar um quadro, atividades manuais ou artesanato podem trazer grandes benefícios;

- Compreender que “preocupações” muitas vezes são apenas “pré-ocupações”, assim o simples fato de refletir em cada situação que gera ansiedade se existe algo a ser feito naquele determinado momento, se tiver atuar sobre a situação e deixar de pensar; e se não tiver nada a ser feito procurar pensar em situações agradáveis que distraiam a mente.

 

Marcelo Mauricio Miranda – treinador, palestrante e professor - é comunicólogo, especialista em Administração, Marketing e Gestão Pública, Mestre em Educação e Sociedade, Trainer, Practitioner e Master Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) pela International Association of NLP Institutes (IN) e Coach Integrativo Sistêmico pela Academia Internacional de Coaching Integrativo Sistêmico (AICIS) e International Association of Coaching Institutes (ICI).

 

Marcelo Miranda
Marcelo Miranda

Possui graduação em Publicidade e Propaganda, é especialista em Administração, Marketing e gestão Pública e mestre em Educação e Sociedade. Tem formação em Practitioner e Trainer em Programação Neurolinguística (PNL). É editor do Jornal de Barbacena, produzido pela Editora M2T LTDA., professor universitário, palestrante e consultor na área de marketing e desenvolvimento humano.

Ver Publicações


Livro Rossi
Agencia Qu4tro