A ciência explica: pensamentos positivos e bons hormônios

24/04/2021 08:00:00

 

Os pensamentos positivos são importantes para o nosso desenvolvimento humano. Isso a ciência já comprovou em diversos estudos e pesquisas. Por isso, vamos falar aqui de algo sério, fugindo das “modinhas” e “modismos”, mas apresentando o conhecimento baseado em evidências sobre os benefícios do pensamento positivo e a liberação de bons hormônios para o nosso corpo e a nossa mente.

A dopamina, serotonina e adrenalina são neurotransmissores, substâncias químicas produzidas pelos neurônios, que regulam o humor e a liberação de alguns hormônios. Quando liberados no cérebro, dão sensação de bem-estar e felicidade. 

COMO LIBERAR OS NEUROTRANSMISSORES DO PRAZER?

1) Tenha pensamentos positivos: o pensamento positivo aumenta a liberação de endorfina, o que equilibra o sistema nervoso autônomo simpático e parassimpático e dá sensação de felicidade. Pensamento positivo não é só achar que tudo vai dar certo, mas pensar em algo que lhe traz felicidade, como um momento bom que teve no passado. 

2) Faça atividade física: quando fazemos atividade física, o corpo libera dopamina, que dá motivação para correr mais; e serotonina que dá bem-estar mais prolongado. Vale lembrar que não funciona só se mexer de vez em quando! Se você tem dificuldade de fazer atividade sozinho, convide alguém para ir com você. Além de liberar também a endorfina. 

3) Socialize: ter relações de amizade e fazer atividades em grupo aumentam a liberação de endorfina. 

4) Faça o bem: um estudo mostrou que comprar presentes para uma pessoa que precisa mantém a sensação de felicidade e bem-estar por mais tempo do que comprar presente para si próprio. 

5) Coma chocolate: o chocolate 70% cacau tem teobromina, substância que aumenta a produção de dopamina. Só tome cuidado com exageros. Saiba que após comer, você vai sentir-se feliz, mas logo depois ficará com vontade de comer mais para manter a sensação de prazer, se tiver tendência a comportamentos de compulsão. 

6) Abrace: o abraço aumenta a ocitocina, que facilita relacionamentos e melhora comportamentos sociais. Aumenta conexões. 

7) Ouça música: uma boa música, que te faz bem, aumenta a serotonina. 

8) Medite: os neurocientistas descobriram que monges que passam anos meditando apresentam um maior crescimento do córtex pré-frontal esquerdo, a principal parte do cérebro responsável pelo sentimento de felicidade. Bastam cinco minutos por dia observando sua respiração. 

Além dos exercícios para a atenção, memória, comunicação, criatividade e intuição, algumas dicas simples ajudam nesse sentido, como ter um estilo de vida saudável, que inclua uma boa alimentação, prática de atividades físicas e sono reparador.

Mas, não só isso. Quem consegue administrar o estresse e a ansiedade do dia a dia, mantém distância dos vícios e costuma sair da zona de conforto também tem mais facilidade para ganhar novas habilidades.

Cultivar a curiosidade e o pensamento crítico é outra maneira eficaz de desenvolvermos ao máximo as nossas habilidades cognitivas. Esses hábitos nos permitem promover a plasticidade cerebral por meio de novas experiências, de reflexões sobre o passado e simulações acerca do futuro. 

Sobre Marcelo Miranda

Marcelo Mauricio Miranda – treinador, terapeuta em PNL, palestrante, hipnólogo e professor - é comunicólogo, especialista em Administração, Marketing e Gestão Pública, Mestre em Educação e Sociedade, Trainer, Practitioner e Máster Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) pela International Association of NLP Institutes (IN) e Coach Integrativo Sistêmico pela Academia Internacional de Coaching Integrativo Sistêmico (AICIS) e International Association of Coaching Institutes (ICI).

Marcelo Miranda
Marcelo Miranda

Possui graduação em Publicidade e Propaganda, é especialista em Administração, Marketing e gestão Pública e mestre em Educação e Sociedade. Tem formação em Practitioner e Trainer em Programação Neurolinguística (PNL). É editor do Jornal de Barbacena, produzido pela Editora M2T LTDA., professor universitário, palestrante e consultor na área de marketing e desenvolvimento humano.

Ver Publicações


Coisas de mãe
Festival de musica