Banner 2 grande Sebrae 1 a 17 Novembro
Banner Grande Sebrae 1 a 17 Novembro

Ciro Gomes é recebido por centenas de jovens em Barbacena

 

O  ex-ministro e ex-candidato no pleito de 2018 Ciro Gomes (PDT) cumpriu agenda em Barbacena, durante a tarde e a noite de ontem (14/10). Às 19h, Ciro foi à Câmara Municipal de Barbacena (CMB) e recebeu a comenda Grau Grande Mérito, do Legislativo Municipal. Em seguida, Ciro Gomes ministrou palestra na Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) de Barbacena, no bairro São Sebastião, para cerca de 500 pessoas – entre alunos e ex-alunos da instituição, convidados e população em geral. Essa palestra seria no auditório da universidade, no entanto, devido ao grande número de pessoas, o evento foi direcionado à quadra da instituição.

Ciro afirmou que cumpre uma agenda de vir a Minas Gerais todos os meses e disse que tem o objetivo pessoal de ser o presidente que resgatará Minas Gerais da crise econômica que o estado enfrenta. “Visitar não só Belo Horizonte, mas também o interior. Barbacena tem uma importância vista mais por nós de fora, pelas suas figuras e geograficamente por uma cidade grande que abarcou Juiz de Fora e Santos Dumont”, pontuou Ciro.

Em seu discurso na Câmara, Ciro agradeceu a comenda e ao vereador José Jorge (PDT) disse estar orgulhoso pela homenagem. “Excelência presidente, excelências vereadores, eu sou um lutador da causa brasileira. O coração (está) aquecido de gratidão e honra por esse momento especial, eu sou mais preparado para as palavras duras e ríspidas das lutas e as vezes sou até mal compreendido, do que pelas palavras doces e ternuras como sintoma para a minha gratidão”, agradeceu Ciro.

Na UEMG, Ciro propôs uma discussão sobre as questões do Brasil. Ele voltou a defender que na presidência não há espaço para estagiários e citou os casos da ex-presidente Dilma (PT) e o atual presidente Jair Bolsonaro (PSL), que para o ex-governador do Ceará não tinham credenciais para assumir ao cargo, mas que respeita a decisão popular.

Ciro também criticou a entrega da EMBRAER à Boeing e se opôs a privatização de empresas estratégicas, como a Petrobrás. “Quando Getúlio Vargas criou a Petrobrás, os Estados Unidos fizeram uma carta dizendo que no Brasil não tinha petróleo, a União Soviética também fez uma carta dizendo que não havia petróleo (…).  Nenhum país do mundo que tem petróleo em abundância privatiza essa riqueza”, afirmou Ciro que quanto aos problemas de corrupção da estatal, recorre a uma metáfora para exemplificar. “Você tem uma vaca que dá leite e ele pega a doença de carrapatos. Você prefere sacrificar a vaca ou matar o carrapato? Eu prefiro salvar a vaca”, ressaltou.

Quanto ao ex-presidente Lula, de quem foi ministro da Integração Nacional, Ciro disse que se ele não fala o que está acontecendo ele se torna cúmplice. “Quem colocou Michel Temer (MDB) na linha sucessória da presidência? Se o povo brasileiro não sabia quem ele era eu e o Lula sabíamos. O meu irmão (Cid Gomes) enfrentou o Eduardo Cunha (MDB) e Dilma ficou do lado do Cunha”, destacou.

Ciro Gomes também falou sobre a dívida pública, que atingiu 80% do Produto Interno bruto (PIB), ele lembrou que quando foi governador do Ceará, ele foi ao mercado e zerou a dívida do estado. Para o ex-candidato é necessário criar um projeto nacional de desenvolvimento.

Barbacena

O ex-ministro abriu o discurso na UEMG agradecendo o ex-vereador e ex-candidato a prefeito por Barbacena em 2016, Carlos Kikito. Em conversa particular entre Ciro Gomes e Kikito, o vice-presidente nacional do PDT convidou Kikito para se candidatar a prefeito pelo seu partido, com o seu apoio. Kikito atualmente está filiado ao PT.

 

Banner Grande Podologia 1
Banner Aplicação
Banner Grande Aprendiz 28/06/2019

Os comentários estão desativados.