Documentos importantes para beatificação e canonização de bispo são encontrados em Barbacena

19/10/2020 11:43:00 - Atualizado em 19/10/2020 11:44:52

 

Os últimos documentos que faltavam para o processo de beatificação e canonização do salesiano são-joanense Dom Antônio de Almeida Lustosa foram finalmente encontrados, entre eles o atestado das ordens sacras menores, localizado em Barbacena. Através de uma comissão específica, o processo iniciado pela Arquidiocese de Fortaleza recebeu uma atualização no dia 14/10, dia da comemoração mensal do Servo.

O Promotor e Colaborador do caso no Brasil, Padre Sérgio Lúcio Alho da Costa, anunciou através do Portal Oficial da Inspetoria Salesiana de Recife, a conclusão da redação do documento oficial em que se apresentam a vida e as virtudes evangélicas do bispo católico, bem como documentos relacionados à causa, chamada Positio.

A revisão final acontecerá ainda em outubro de 2020, sendo enviada à Roma mais uma vez, onde será publicada e apreciada por uma comissão escolhida pela Congregação para a Causa dos Santos, dicastério Vaticano, responsável por ler e analisar todo o conteúdo. Caso aprovado pela Comissão Vaticana, Dom Antônio  de Almeida Lustosa será oficialmente declarado venerável.

O processo canônico para sua canonização foi aberto em 1993, mas a assinatura do processo arquidiocesano, enviando-o para Roma, aconteceu apenas em 2006, pelo Arcebispo de Belém Dom Orani Tempesta.


Livro Rossi
Agencia Qu4tro