Advogados da OAB de Barbacena solicitam imediato retorno do judiciário local

01/07/2020 16:56:00 - Atualizado em 01/07/2020 17:20:49

 

Um grupo com mais de 50 advogados, inscritos na subseção de Barbacena, se reuniram na manhã da última segunda-feira (29/06), juntamente com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da cidade, Paulo Afonso de Oliveira Júnior, e os conselheiros subseccionais, Rodrigo Genovês e Fábio Araújo, para discutir a questão do judiciário da comarca.

Foram debatidos temas que afligem a advocacia de Barbacena no que tange à tramitação processual e expedição de alvarás. Vale ressaltar que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) adiou o retorno das atividades para o dia 15/07 e foram editadas medidas para realização de audiências por teleconferência. Também é amplamente divulgado no site do Tribunal recordes de tramitação processual.

Os advogados da cidade estão questionando essa última informação, sendo que segundo o relatório apresentado por eles, no site do TJMG desde o dia 16/03 até a atual data foram realizadas poucas audiências, considerado o número elevado de processos da comarca.

Na reunião foi elaborada uma pauta com reivindicações, dentre elas, retorno imediato das atividades judiciárias com as devidas medidas sanitárias; digitalização dos processos físicos para o sistema PJe; agilização e desburocratização da expedição de alvarás; realização de audiências virtuais em videoconferências em todas as varas e Juizados Especiais, além de auditoria sobre informações de tramitação processual.

Segundo o advogado da subseção, Rodrigo Macedo, caso não ocorra progresso poderão ocorrer manifestações dos advogados para o retorno do judiciário local.

O presidente OAB de Barbacena, Paulo Afonso de Oliveira Júnior, disse que o problema enfrentado em todo Estado com a paralisação do judiciário, afeta muito os advogados do interior, e que a justiça local alega que não pode fazer nada, já que estão obedecendo a ordens do Tribunal de Justiça.

 

Fonte: OAB – MG. / Foto: Reprodução Google Maps.


Marcelo Miranda
Agencia Qu4tro