Banner Grande Aprendiz
Banner grande Aprendiz 2
Banner grande Aprendiz 3

Bolsonaro, Zema e Luís

Bolsonaro, Zema e Luís

 

O mês de janeiro não começou muito bem para os administradores públicos brasileiros. Vamos nos ater, aqui, ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), ao governador Romeu Zema (Novo) e ao prefeito municipal de Barbacena Luís Álvaro (DEM).
Bolsonaro se viu em saia justa tudo por conta de seu filho, o senador da República pelo Rio de Janeiro Flávio Bolsonaro. Parece que Flávio empregava alguns amigos em seu gabinete e recebia uma porcentagem do salário de seus assessores. Vale lembrar que, infelizmente, essa é uma prática já vista, até mesmo, em Barbacena. Mas, não vamos aqui entrar neste tema. Esta é uma história para outro momento.
Já Romeu Zema, com muita boa vontade, trabalhando cerca de 12 horas dia, também se viu em saia justa. Tudo por conta da irresponsabilidade de gestores públicos petistas que afrouxaram as legislações estaduais para que as mineradoras conseguissem seus alvarás e licenças. A tragédia de Brumadinho já virou caso de polícia, tanto que os engenheiros que atestaram a segurança da barragem I da Mina do Feijão estão presos, acusados de crime doloso.
Já na Cidade das Rosas, o prefeito Luís Álvaro vem recebendo inúmeras críticas. É buraco. É projeto da Secretaria de Obras que não anda. É documentação presa na burocracia municipal. É multa de lote. É aula que começa atrasada. Enfim, a cada dia uma nova crítica.
Inclusive, já escrevi em outro momento para este conceituado jornal, que a administração do “Luisinho”, como é conhecido pelos mais íntimos, não é ruim. Ele acerta mais do que erra. Mas, acontece que os erros, quando vêem, parecem que é promoção de varejo.
Agora, os barbacenenses reclamam, e muito, da qualidade do asfalto aplicado nas ruas de Barbacena. Em algumas postagens nas redes sociais, é unânime a seguinte afirmação: “Esse asfalto parece terra. É só chover que a água leva”.
No site oficial da Prefeitura, o Executivo Municipal informa que “através da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) realizou em janeiro uma das maiores operações tapa-buracos da história da cidade, com mão de obra e recursos próprios, gerando uma economia significante aos cofres públicos”.
É fato que a Semop está se movimentando. Como sou antenado nas redes sociais e acompanho a mídia local, bem como as rodas de conversa, consigo perceber isso. No entanto, essa informação não chega ao barbacenense que trabalha diariamente. Aliás, o que chega a ele, de forma rápida, é a passagem de ônibus que aumentou acima da inflação.
Em suma, que fevereiro seja um mês mais produtivo aos gestores da Federação, Estado e Município. É um desafio começar um ano, com um caminhão de problemas e, de certa forma, não conseguir transformar projetos e ações concretas. 

Os comentários estão desativados.

Banner Grande Podologia 1
Banner 2 Podologia – Grande