Banner Grande Aprendiz 28/06/2019
Banner Grande Aprendiz 28/06/2019

Barbacenenses insatisfeitos com a administração da cidade

A gestão do Prefeito Luís Álvaro (PSB) foi classificada como insatisfatória por 79% dos barbacenenses entrevistados, em uma pesquisa de opinião realizada pelo Jornal Folha de Barbacena, nas redes sociais. Essa não é a primeira avaliação ruim da atual gestão municipal. Outro setor da Prefeitura Municipal de Barbacena (PMB) que também vem dividindo opiniões é a Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) que teve mais de 67% de rejeição durante outra pesquisa realizada neste ano. Os efeitos da má gestão do município seguem um parâmetro já registrado pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG), apontados no ano passado, o Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM-Brasil), que classificou Barbacena com nota mínima (C).

O especialista em gestão pública Luís Paixão cita que a avaliação do IEGM é importante para legitimar as gestões municipais e que os atuais modelos de gestão utilizados na maioria dos municípios são considerados atualmente como o maior obstáculo para o desenvolvimento político.

“É indispensável que seja buscada a elevação da eficiência dos serviços públicos, racionalizando-se procedimentos e eliminando-se desperdícios” explica o especialista.

O levantamento divulgado no ano passado levou em consideração dados de 22 Tribunais de Contas de todo País, que avaliaram as prefeituras municipais quanto às políticas de educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, cidades protegidas e governança em tecnologia da informação.

O IEGM é realizado sob responsabilidade do Instituto Rui Barbosa, as notas atribuídas aos municípios avaliados têm as seguintes determinações:

A: gestão altamente efetiva, com pelo menos 90% da nota máxima e no mínimo cinco índices com nota A;

B+:  gestão muito efetiva – valor de efetividade entre 75% e 89,9% da nota máxima;

B: gestão efetiva – Índice de efetividade entre 60% e 74,9% da nota;

C +: gestão em fase de adequação – índice entre 50% e 59,9% da nota máxima;

C: gestão em baixo nível de adequação – índice menor ou igual a 49,9%.

Abaixo segue os resultados de Barbacena, de acordo com o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG).

Banner Grande Podologia 1
Banner 2 Podologia – Grande

Os comentários estão desativados.