Banner Grande Aprendiz 28/06/2019
Banner grande Unipac

Barbacena tem 14 casos confirmados de dengue

Situação na cidade está sob controle de acordo com a Vigilância em Saúde

O crescimento do número de casos prováveis de Dengue no Estado de Minas Gerais têm preocupado autoridades em saúde e também a população de um modo geral. Atualmente, o número de casos confirmados mais os casos suspeitos da doença já somam 165.853 em Minas. O governo apontou também um registro de 21 mortes provocadas pela dengue ao longo desse ano e outras 66 sob investigação. Em relação à Febre Chikungunya, já são 1.414 casos prováveis da doença e os supostos casos de Zika chegam a 497 ocorrências.

Apesar do aumento no estado, a situação em Barbacena é considerada dentro do normal, de acordo com o coordenador de vigilância em saúde, Maurício Becho. Ele explica que atualmente a cidade tem 14 casos confirmados de dengue, e a incidência na cidade é considerada baixa. O coordenador explicou que parte desses casos confirmados na cidade acontecem, por exemplo, em pessoas que realizaram alguma viagem para área com alto foco de dengue e retornou, passando a manifestar os sintomas.

Ainda segundo Becho, existem no momento dois casos em investigação sob suspeita de Chikungunya na cidade, mas esses dados aguardam a  confirmação da Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte, responsável pela análise laboratorial dos materiais enviados. Não há notificação de Zika no município.

No início deste mês o governo estadual aprovou um recurso de R$ 4,180 milhões para ações de enfrentamento da Dengue em 93 municípios com incidência alta ou muito alta da doença. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (Ses),“a cada 15 dias, até o dia 30 de junho, de acordo com a divulgação de um novo Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, os municípios com alta incidência irão contar com incentivo financeiro complementar, por meio de resolução específica”.

Ainda de acordo com a Ses-MG “um registro maior de casos é esperado para este período (meses quentes e chuvosos) devido à sazonalidade da doença”. Sendo assim “o estado está em situação de alerta para esse aumento no número de casos das doenças transmitidas pelo Aedes (Dengue, Chikungunya e Zika)”.

Por: Mike Tavares.                                

Crédito Foto: Reprodução.

Banner Grande Podologia 1
Banner Aplicação

Os comentários estão desativados.