Banner 2 grande Sebrae 1 a 17 Novembro
Banner Grande Sebrae 1 a 17 Novembro

As notícias da manhã

 

Por Thiago Rossi

 

E eis que ele acorda, cotidianamente como havia de ser, com aquela remelinha no canto do olho, a cara amassada, indignado com o despertador e com o corpo se recusando a sair do aconchego da cama. Lá fora o tempo seco, sem nenhum indício de chuva que possa alimentar a terra que, aliás, anda precisada. O primeiro local? O banheiro, e em respeito à privacidade, se é que ainda existe alguma hoje em dia, deixemos até que encerre suas necessidades.

A porta se abre, o cabelo mais arrumado, a cara lavada e um estômago clamando em rugidos por algum alimento. A cueca furada se lembra de dias mais dignos, antes de se esconder envergonhada dentro da velha calça jeans. A camisa dá o tom da sobriedade que o trabalho exige, e o desodorante que promete proteção 24 horas fecha os preparativos para o look do dia. Enquanto o café é aquecido e o pão recebe suas camadas de manteiga, da esquerda para a direita, de cima para baixo, sobre a mesa, fazendo companhia ao leite, o notebook, já conectado nas notícias da manhã.

Café, pão, leite, queijo, corrupção, sangue, sexo e esportes. Fulano denunciando esquemas e mais esquemas, um político santo em campanha, mais um jovem assassinado, um traficante injustiçado e um religioso fanático. Poços de petróleo em algum lugar onde as tartarugas vão morrer e um homem que jura ser a reencarnação de Adolf Hitler. A mãe que abandonou a filha por dinheiro e o dinheiro que abandonou os bolsos por dias melhores em Miami. Mais uma goleada histórica e um jogador vendido a preços milionários para o Casaquistão. O artista de televisão que dormiu com uma mulher fruta, as aventuras sexuais da nova top model e os novos seios siliconados da miss bumbum. Ah! E o mercado financeiro? Vixe! O leite talvez já não mais acompanhe o seu café na semana que vem…

Mas ali, no canto, ao lado do notebook, uma notícia realmente importante e rabiscada em um pedaço de papel de pão. Escrita em letras garrafais, em giz de cera e desproporcionais, acompanhadas  pela mais bela gravura mal desenhada de todo o universo, a manchete da manhã que lhe roubou uma lágrima e dizia simplesmente: PAPAI, TE AMO! E alta da gasolina nunca teve tão pouca importância.

 

Sobre o autor

Thiago Rossi, nascido no dia 12 de fevereiro de 1985, o aquariano escritor barbacenense gosta das coisas simples. Formado em Publicidade e Propaganda, com especialização em Gestão Cultural, possui uma mente criativa e inquieta, apresentando uma vasta coleção de histórias fictícias de diversos personagens e mundos. Necessitado em externar seus seres e histórias imaginárias, vê em folhas de papel um universo a ser construído todos os dias, se expandindo sem limites.

Começou sua jornada literária narrando as aventuras do repórter Vlad, e hoje possui sobre sua tutela personagens românticos, cósmicos, sonhadores e de outras tantas características, todos prontos a viver as mais diversas possibilidades.

Banner Grande Podologia 1
Banner Aplicação
Banner Grande Aprendiz 28/06/2019

Os comentários estão desativados.