Banner Aprendiz 18/032019

68% dos brasileiros deixaram de beber e dirigir para usar aplicativos de transporte

Barbacenenses também aderiram a esta tendência de segurança

Pesquisa do Observatório Nacional de Segurança Viária realizada pelo Datafolha mostra mudança no hábito dos brasileiros após chegada dos aplicativos. Mais de dois terços dos brasileiros que consomem bebidas alcoólicas deixaram de dirigir após beber e passaram a usar aplicativos de mobilidade nessas ocasiões, de acordo com pesquisa do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), realizada pelo Datafolha com o apoio da Uber. O objetivo da pesquisa é chamar atenção para a campanha do Maio Amarelo – iniciativa global que tem como objetivo a sensibilização em relação à segurança no trânsito e redução de acidentes.

O levantamento também aponta que 83% dos brasileiros concordam que os aplicativos de mobilidade contribuíram com a diminuição de mortes no trânsito, assim como 81% consideram que os Apps deixaram o trânsito mais seguro, de forma geral. Dados do Ministério da Saúde (MS) divulgados no ano passado apontam que, após o endurecimento da Lei Seca, o número de óbitos em acidentes de trânsito caiu de 44,8 mil em 2012 para 37,3 mil em 2016, uma redução de 17%.

Segundo o Datafolha, a mudança de comportamento em relação a bebida e direção pode ser observada principalmente entre os mais jovens até 24 anos, onde 75% concordaram que trocaram o volante pelo aplicativo quando vão consumir bebida alcoólica. Essa faixa etária é a que mais prefere usar aplicativos na hora de beber. Entre a população de 60 anos ou mais essa é a escolha de 59%.

De acordo com o levantamento, a utilização dos Apps de mobilidade para ir a festas, restaurantes e comemorações chega a 49% entre os residentes das regiões metropolitanas do país. E, o principal motivo (50%) para utilizarem essa opção é a segurança (medo de assaltos e acidentes envolvendo bebida e direção).

O estudo apontou ainda que 64% dos entrevistados concorda que as pessoas no passado combinavam bebida e direção por falta de opção de transporte e 73% dos brasileiros considera que as pessoas deixaram de beber e dirigir por conta da chegada dos Apps.

Dados da pesquisa Datafolha

Entre os brasileiros que consomem bebida alcoólica, 68% deixaram de utilizar carro próprio para utilizar Apps de mobilidade quando bebem. Entre os mais jovens, o uso de Apps nesse contexto chega a 75%. Entre os residentes das regiões metropolitanas, 49% das pessoas dizem ir para festas, baladas e comemorações utilizando Apps, 33% carro próprio, 24% transporte público, 6% táxi, 4% outros.

O principal motivo (50% dos entrevistados) para as pessoas utilizarem o transporte por App para retornar de festas, bares e comemorações é a Segurança (medo de assaltos e acidentes envolvendo bebida e direção), seguido por Praticidade/Conveniência (como falta de local para estacionamento) com 30%, Menor Tempo de Viagem com 21%, Custo/Benefício com 16%, Horário da Noite com 14% e Dificuldade de Transporte Público com 9%. Outros motivos foram apontados por 7%.

De acordo com o levantamento, 83% dos brasileiros concordam que os aplicativos de mobilidade contribuíram na diminuição de mortes no trânsito no País. 81% dos brasileiros concordam que os aplicativos de mobilidade deixaram o trânsito mais seguro. E 67% dos brasileiros concordam que os amigos e parentes passaram a deixar mais o carro em casa e utilizar mais os Apps de mobilidade para ir a bares, restaurantes, baladas e comemorações.

Apps em Barbacena

Em Barbacena, o comerciante Fernando Silva utiliza os Apps para se deslocar, também para o trabalho e outros destinos. “Usar os aplicativos de transporte é ótimo. Os valores são justos e também gera segurança. Para os jovens que saiam a noite, bebiam e pegavam a direção, esses aplicativos foram a ‘salvação da lavoura’”, concluiu.

 

Crédito Foto: Divulgação.

Banner Grande Podologia 1
Banner 2 Podologia – Grande

Os comentários estão desativados.